25/03/2012 07:00

Agência Estado

São Paulo vai a Mirassol com esperança de virar líder

O São Paulo apresenta neste domingo o resultado de uma semana cheia de treinos, primeira desde o começo da temporada. Contra o Mirassol, às 18h30, no Estádio José Maria de Campos Maia, a boa fase do time do técnico Emerson Leão será colocada à prova para buscar a ponta no Paulistão - que será possível se o líder Palmeiras não vencer o Corinthians, também neste domingo, no Pacaembu.

O clima no Morumbi não poderia ser mais propício para chegar ao topo da tabela. A equipe recuperou a confiança com seis vitórias consecutivas. E a última delas foi um verdadeiro banho de autoestima: diante da torcida e com um jogador a menos, se superou para vencer o Santos de Neymar, por 3 a 2, há uma semana.

Os sete dias de calmaria no CT são-paulino, segundo Rhodolfo, vieram em boa hora. "Foi muito bom para a gente treinar mais, pois estávamos precisando. Tivemos tempo para aprimorar a parte defensiva e o ataque, pois estávamos mais jogando do que treinando", disse o zagueiro. "Além disso, pudemos melhorar a parte física."

Para manter o bom momento, no entanto, Leão reforçou a necessidade de o time fazer a sua parte neste domingo e vencer em Mirassol, independentemente do resultado do clássico no Pacaembu. "A chance que temos é de passar de segundo para primeiro colocado, mas, se não tomarmos cuidado, podemos baixar nossa posição em breve", disse o técnico.

Mas o São Paulo ganhou um problema de última hora, justamente no ataque, que vem sendo sua maior arma - tem o melhor ataque do Paulistão, ao lado do Palmeiras (32 gols). Depois de ter marcado seis vezes nas últimas três partidas, o atacante Luis Fabiano será desfalque neste domingo. Ele tem um edema na coxa esquerda e foi vetado pelos médicos. Willian José será o substituto.

O envio de qualquer comentário
é de responsabilidade do usuário.